CTGs E CLUBES RECEBERÃO AUXÍLIO FINANCEIRO

O plano de ação elaborado pela Prefeitura de Júlio de Castilhos foi aprovado pela Secretaria Nacional da Cultura, para repasses de recursos via Lei Aldir Blanc (Lei de Auxílio emergencial aos artistas, de autoria da Deputada Benedita da Silva).

Os municípios que não elaborarem um plano de ação completo perdem os recursos, e o mesmo retorna para a União. Com o projeto aprovado, Júlio de Castilhos terá disponíveis R$ 157 mil reais, que serão distribuidos em 2 editais de chamamento.

O Decreto Municipal nº 6966/2020 regulamenta esta lei a nível municipal e recepciona o decreto nacional.

No primeiro edital que será publicado na segunda-feira (28), os espaços culturais de Júlio de Castilhos que realizaram o Cadastro Municipal de Cultura (disponível desde o dia 26 de julho aqui no site) e se credenciarem atendendo todos requisitos exigidos pelo governo federal, receberão 2 parcelas de R$ 3.500,00 nos meses de novembro e dezembro.

Os CTGs, DTGs, escolas de dança e clubes da cidade poderão utilizar o valor de R$ 7.000,00 para pagar despesas de itens indispensáveis ao funcionamento do espaço e que foram afetados desde março, por conta da pandemia no novo coronavírus. Pagamentos de contas de energia elétrica, água, impostos, PPCIs, serviços de manutenção, internet e pagamento de pessoal, são autorizados a serem custeados, segundo o regramento da Lei Aldir Blanc.

Os representantes dos clubes, CTGs e demais espaços culturais que se cadastraram, estiveram reunidos com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura, a Assessoria Jurídica e o Centro Cultural Álvaro Pinto, para detalhamentos e explicações do funcionamento dos editais para acesso aos recursos. O segundo edital que será publicado ainda em Outubro, vai financiar LIVES artísticas, projetos de música e aquisição de instrumentos, fomento à leitura e o artesanato ligado à economia solidária.

 

 

 

Read More